Logo
 
Bahia, quinta-feira, 23 de setembro de 2021
TWITTER CARLOS GEILSON
OUÇA JORNAL TRANSAMÉRICA
BAN UNITÉCNICA
Central de Polícia
 
 
PrintImprimir | Enviado por Carlos Geilson - 27.1.2017 | 15h34
 
Economia

Arrecadação federal fecha em R$ 1,28 trilhão em 2016; valor é mais baixo desde 2010

Arrecadação federal fecha em R$ 1,28 trilhão em 2016; valor é mais baixo desde 2010

A arrecadação federal teve queda real de 2,97% em 2016, quando foram recolhidos R$ 1,28 trilhão em impostos e contribuições, segundo dados da Receita Federal divulgados nesta sexta-feira (27). O valor é o mais baixo para um ano, desde 2010. "Ainda vivemos um período de recessão e esse período de recessão se reflete na arrecadação. O cenário de 2016 se deteriorou também em relação a 2015. A sociedade e o governo consumiram menos e isso se refletiu no PIS e na Cofins", explicou o Claudemir Malaquias, chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal. No ano passado também houve menos importação brasileira e queda nas receitas do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF), o que refletiu na queda de R$ 16 bilhões nos impostos. O resultado vem em um ano que houve repatriação de R$ 46,8 bilhões que estavam no exterior e arrecadação extraordinária, segundo o G1, de R$ 4,64 bilhões decorrente da transferência de ativos entre empresas. A Receita atribui o resultado à influência das reduções de tributos e subsídios autorizados pelo governo da ex-presidente Dilma Rousseff, adotadas para tentar estimular a economia do país. Segundo o Fisco, o governo deixou de recolher R$ 90,6 bilhões por causa das desonerações; em 2015 foram R$ 105,3 bilhões. (Política Livre)

 
Separador
Página Inicial
Perfil
Adicionar a Favoritos
Busca
Links
 
Histórico
2021
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set |
2020
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov | Dez |