Logo
 
Bahia, sábado, 14 de dezembro de 2019
TWITTER CARLOS GEILSON
OUÇA JORNAL TRANSAMÉRICA
BAN UNITÉCNICA
Central de Polícia
 
 
PrintImprimir | Enviado por Carlos Geilson - 22.3.2017 | 15h31
 
Futebol

Atlético-PR e Bahia formam grupo para negociar cotas de TV

Atlético-PR e Bahia formam grupo para negociar cotas de TV

Parece que o tempo em que só um mandava e os outros obedeciam está acabando no futebol brasileiro. Ou, pelo menos, sinais de possíveis mudanças começam a aparecer com mais freqüência. Nesta terça-feira (21), o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético-PR, Mario Celso Petraglia, anunciou que foi feito um compromisso jurídico entre o clube paranaense, Bahia, Palmeiras, Santos e Coritiba, para negociar em conjunto as cotas de TV para transmissão de seus jogos na TV aberta e PPV. "Hoje nos concluimos o G5. Os departamentos jurídicos terminaram a reunião. Nós fechamos esse grupo para negociarmos com o mercado a TV aberta e PPV. Há uma grande inhjustiça na divisão do PPV. O Atlético não se conforma com isso e vamos melhorar, assim como melhoramos a TV fechada, vamos melhorar aberta e PPV. Acreditamos que em 2019 vamos dobrar o que recebemos", afirmou. Revoltado após ouvir que o Flamengo valia duas vezes mais que o clube que trabalha – durante a saída da Primeira Liga -, Petraglia foi para cima da Rede Globo e do Flamengo. "Em 1996 nós trombamos com a Globo, uma briga que permanece até hoje, 20 anos depois, pela injusta divisão das cotas de televisão". Naquela oportunidade, a emissora foi proibida de transmitir o jogo contra o Atlético-MG, pela quartas de final. "O PPV ainda o direito no Brasil é dos dois cluber, do mandante e do visitante. Na Europa é só do mandante. Cada jogo do Flamengo lá, conosco, eles ganham R$ 3,2 milhões por jogo, e nós, R$ 150 mil. Quando é na nossa casa, a mesma coisa. Na mesma competição, concorrendo com a gente, é uma injustiça. Os países que cresceram no futebol equalizaram isso. Hoje não há como concorrer. Tentamos na Primeira Liga, mas não foi possível, trombamos com a Globo e com as Federações", detonou Petraglia. Vale ressaltar que o Esporte Interativo assinou com os cinco clubes de 2019 a 2024, para transmissão em TV fechada. (Bocão News)

 
Separador
Página Inicial
Perfil
Adicionar a Favoritos
Busca
Links
 
Histórico
2019
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov | Dez |
2018
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov | Dez |