Logo
 
Bahia, quinta-feira, 19 de julho de 2018
TWITTER CARLOS GEILSON
OUÇA JORNAL TRANSAMÉRICA
BAN UNITÉCNICA
Central de Polícia
 
 
PrintImprimir | Enviado por Carlos Geilson - 30.11.2017 | 12h59
 
Bahia

Acusado de estupro, Almiro Sena tem prisão domiciliar revogada pela Justiça

Acusado de estupro, Almiro Sena tem prisão domiciliar revogada pela Justiça

Réu em uma ação por crime de assédio sexual, o promotor Almiro Sena teve a prisão domiciliar revogada pelo desembargador Mario Alberto Hirs, relator do caso no Tribunal de Justiça do Estado (TJ). A decisão permite a Sena aguardar o julgamento em liberdade. Apesar de suspender as medidas cautelares contra o promotor, Hirs concluiu o relatório sobre a denúncia apresentada pelo Ministério Público do Estado (MP) e liberou o processo para ser julgado na Corte. Secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos de 2011 a 2014, Sena foi acusado de assédio e estupro por servidoras da pasta. No último dia 12 de julho, Hirs decretou a prisão preventiva do promotor, que chegou a ficar oito dias no 12º Batalhão da PM, em Camaçari.

Parado no tempo

No fim de junho, o Conselho Nacional do MP autorizou a procuradora-geral de Justiça da Bahia, Ediene Lousado, a ajuizar ação civil de perda de cargo contra Almiro Sena. Contudo, a decisão ainda não foi cumprida. Promotores ouvidos pela coluna Satélite, publicada no Correio 24 Horas, garantem que o atraso pode livrar Sena de ser demitido, devido à eventual prescrição do crime de assédio.

 
Separador
Página Inicial
Perfil
Adicionar a Favoritos
Busca
Links
 
Histórico
2018
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul |
2017
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov | Dez |