Logo
 
Bahia, terça-feira, 20 de novembro de 2018
TWITTER CARLOS GEILSON
OUÇA JORNAL TRANSAMÉRICA
BAN UNITÉCNICA
Central de Polícia
 
 
PrintImprimir | Enviado por Carlos Geilson - 30.11.2017 | 15h13
 
Bahia

Criminosos podem estar desviando cartões do Bolsa Família, diz secretário

Criminosos podem estar desviando cartões do Bolsa Família, diz secretário

Periodicamente, o Governo Federal realiza a fiscalização do Bolsa Família, para garantir a efetividade do projeto e assegurar que os beneficiários recebam o valor destinado. O recadastramento acontece nos Centros de Atendimento do Programa e nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), a cada dois anos. Após esse prazo, as pessoas que não passarem por este procedimento terão o auxílio bloqueado ou cancelado. Em Feira de Santana, este benefício pode estar sendo desviado o que configura em crime, de acordo com o secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira. Para Feira de Santana, mensalmente é destinada uma verba de R$ 4,5 milhões para atender a pouco mais de 30 mil famílias beneficiadas. Mesmo os cartões do Bolsa Família sendo intrasferíveis e tem caráter personalíssimo, não chegam para os beneficiários. "Há uma possibilidade de que estes cartões estejam sendo desviados, acredito que está ocorrendo crime de agiotagem e é algo a ser investigado", relata o secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira. Existe uma média de 400 a 600 famílias que não retiram esse dinheiro na Caixa Econômica, o valor pode variar entre R$ 30 a R$ 250 e é disponível mensalmente. Após três meses de reclusão, esse montante gerado é transferido para o Tesouro Nacional. Outra questão apontada, é referente a localização de endereço. "O cartão é enviado pelos Correios, quando a residência não é identifica eles retornam para a Caixa sendo liberado apenas para o responsável munido com os documentos", conta Danuza Rodrigues, assistente social. O prazo de entrega pelos Correios é de 30 a 45 dias. Atualmente, 77.705 pessoas estão cadastradas no Sistema Único, embora, menos da metade dessa parcela tem acesso ao Bolsa Família. O benefício é destinado a famílias que atendam aos requisitos básicos do programa: ter a renda per capita de até R$ 170; se tem criança em idade escolar, tem que está na escola; fazer o controle da saúde anualmente e fazer o recadastramento no período estabelecido. Há 5 anos, Milena Santos, dona de casa, tenta receber o benefício. "Assim que minha filha nasceu eu me cadastrei e até hoje não fui selecionada. Todos os anos eu faço o cadastro na esperança de participar do programa e não consigo, sendo que eu nunca fui informada o motivo de não conseguir, já que eu tenho o perfil comprovado para receber o Bolsa Família", conta.

Acontecimento

Em Amargosa, Bahia, um homem foi preso por contrabandear cartões e senhas de benefícios sociais do governo, como o Bolsa Família e INSS. O suspeito confessou ter roubado os itens e foi penalizado por infringir a economia popular. O crime aconteceu em agosto. (Folha do Estado)

 
Separador
Página Inicial
Perfil
Adicionar a Favoritos
Busca
Links
 
Histórico
2018
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov |
2017
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov | Dez |