Logo
 
Bahia, sexta-feira, 20 de julho de 2018
TWITTER CARLOS GEILSON
OUÇA JORNAL TRANSAMÉRICA
BAN UNITÉCNICA
Central de Polícia
 
 
PrintImprimir | Enviado por Carlos Geilson - 31.1.2018 | 9h34
 
Esporte

Guto justifica opção por Mena na direita e descarta alívio com triunfo

Guto justifica opção por Mena na direita e descarta alívio com triunfo

Pressionado e com o torcedor querendo sua cabeça, Guto Ferreira respirou com o triunfo do Bahia sobre o Altos-PI por 2 x 0, no Albertão, nessa terça-feira (30). Mas, ainda com a vitória, o técnico voltou a desagradar à torcida. Um dos motivos para isso foi a improvisação de Mena na lateral direita. O chileno mostrou dificuldades e por pouco não comprometeu o resultado. Após a partida, o treinador justificou a escolha e garantiu que ficou satisfeito com o resultado. "(Mena) Me agradou, teve comportamento sólido e um erro na partida. E o erro foi meu. Um cara com a competência dele, se prontificar a trabalhar da maneira que trabalhou, temos que enaltecer. João Pedro (lateral da base, que ficou no banco) é um menino com 17 anos. O nível de responsabilidade do jogo era alto. Vamos com calma, vamos lapidando. São processos, onde o jogador vai ganhando força, competitividade. Tudo tem um processo", diz Guto. Já sobre a importância do triunfo, o técnico descartou sensação de alívio após a pressão sofrida durante a semana: "A gente sempre está pressionado. Queremos fazer o melhor para o Bahia e o Bahia é seu torcedor. É Binha, que estava aqui hoje, gritou o tempo todo, me encheu de moral, elevou minha autoestima. O torcedor tem direito de reclamar e nós temos que trabalhar, ouvir e digerir, o que às vezes é difícil". Por fim, Guto voltou a pedir calma e tempo para que consiga ajustar a equipe. "Estamos remontando a equipe. Teve mudanças. Não é uma equipe que transitou na minha mão. Temos jogadores ainda se adaptando a minha maneira de trabalhar e os que já trabalharam comigo se readaptando. Não é em 12 dias que vamos conseguir isso. Em 12 ou 13 dias foram cinco jogos. Isso é desumano. Se você entrar no regulamento, nós temos que entrar em campo a cada 72 horas. Nós estamos entrando a cada 66 horas e teve um jogo que foi com 60 horas", afirma o treinador. (Com informações do Galáticos Online)

 

 
Separador
Página Inicial
Perfil
Adicionar a Favoritos
Busca
Links
 
Histórico
2018
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul |
2017
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov | Dez |