Logo
 
Bahia, sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
TWITTER CARLOS GEILSON
OUÇA JORNAL TRANSAMÉRICA
BAN UNITÉCNICA
Central de Polícia
 
 
PrintImprimir | Enviado por Carlos Geilson - 30.12.2018 | 10h00
 
Esportes

Amanda faz história ao conquistar o segundo cinturão do UFC

Amanda faz história ao conquistar o segundo cinturão do UFC

A baiana Amanda Nunes precisou de apenas 51 segundos para conquistar o título dos pesos-penas do UFC na madrugada deste domingo (30), no UFC 232, realizado em Los Angeles, nos Estados Unidos. A Leoa nocauteou a brasileira Cris Cyborg, no primeiro round, e se tornou a primeira mulher a ter dois cinturões da organização. Ela já era campeã dos pesos-galos.

"É incrível. Me ajudem a acreditar! Eu esperava que a luta fosse assim. Eu sou a primeira campeã dupla do UFC. Eu disse que sentia assim. Dana, eu quero meu lugar no Hall da Fama. Eu sou uma leoa, e leoas fazem assim. Eu sinto o cheiro de sangue. Meu técnico sempre me diz para ficar calma para conseguir ver tudo. Meu técnico, Anderson Franca, disse para que eu esperasse ela ficar desesperada para jogar meu overhand. Sabia que tinha que ficar calma, que quando jogasse minha mão em cima dela, ela iria sentir. Também sabia que quando acertasse aquele chute eu abriria caminho para a vitória", discursou após a vitória.

Amanda foi a primeira brasileira a assinar contrato, vencer e se tornar campeã do UFC. Ela defendeu o título do peso-galo por quatro vezes e o triunfo sobre Cris Cyborg é o oitavo consecutivo da carreira. Além disso, o feito a coloca como a terceira atleta no geral a ter dois títulos simultaneamente, ao lado do irlandês Conor McGregor e do americano Daniel Cormier.

Amanda Nunes subiu no octógono como zebra nas casas de apostas. Cyborg, campeã da categoria de peso acima da baiana, não perdia há 13 anos e um mês. Ela havia derrotado nada menos do que 21 lutadoras. O combate entre a Leoa e a curitibana começou em ritmo acelerado com as duas buscando a trocação. Apesar de Cyborg ter tomado a iniciativa, foi Amanda que mostrou mais precisão. Após receber um soco de raspão, a baiana acertou dois golpes que derrubaram a adversária pela primeira vez. Ela se levantou, mas recebeu uma sequência de golpes que a levaram ao nocaute, que caiu com o rosto no chão.

Do Bahia Notícias

 
Separador
Página Inicial
Perfil
Adicionar a Favoritos
Busca
Links
 
Histórico
2019
Jan |
2018
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov | Dez |