Logo
 
Bahia, domingo, 25 de outubro de 2020
TWITTER CARLOS GEILSON
OUÇA JORNAL TRANSAMÉRICA
BAN UNITÉCNICA
Central de Polícia
 
 
PrintImprimir | Enviado por Carlos Geilson - 29.3.2019 | 7h31
 
Feira de Santana

Desembargador declara greve de professores da rede municipal de Feira de Santana ilegal

Desembargador declara greve de professores da rede municipal de Feira de Santana ilegal

O desembargador do Tribunal de Justiça, Raimundo Sérgio Sales Cafezeiro, considerou como ilegal a greve dos professores e funcionários da rede municipal de ensino de Feira de Santana. A ação com este objetivo foi proposta pela Prefeitura contra a APLB e julgada na tarde desta quinta-feira (28). Além de decretar a ilegalidade da paralisação, o desembargador determinou o retorno imediata das atividades, no prazo máximo de 24 horas. Em caso de descumprimento, deverá ser aplicada multa diária, no valor de R$ 10 mil. O magistrado também autorizou o Governo Municipal a descontar os dias não trabalhados pelos professores que aderiram ao movimento paredista, a partir do último dia 11 de março. O desembargador Raimundo Sérgio Sales Cafezeiro também esclareceu, em sua decisão, que a APLB não deverá criar óbice ao acesso de pessoas (servidores, professores e alunos) e bens ao interior das unidades escolares do município.

 
Separador
Página Inicial
Perfil
Adicionar a Favoritos
Busca
Links
 
Histórico
2020
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out |
2019
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov | Dez |