Logo
 
Bahia, quinta-feira, 14 de novembro de 2019
TWITTER CARLOS GEILSON
OUÇA JORNAL TRANSAMÉRICA
BAN UNITÉCNICA
Central de Polícia
 
 
PrintImprimir | Enviado por Carlos Geilson - 8.11.2019 | 13h23
 
Universo

Brasil verá mini eclipse de Mercúrio pela 4ª vez no século

Brasil verá mini eclipse de Mercúrio pela 4ª vez no século

Na próxima segunda-feira (11), vai ocorrer um evento astronômico interessante e pouco conhecido: um trânsito planetário. O trânsito de segunda-feira deve começar às 09:35 da manhã e deve durar até às 15:04. Durante o evento, será possível ver Mercúrio como um círculo bem escuro contra a superfície iluminada do Sol.

Um trânsito planetário é o evento que se dá quando um planeta "passa na frente" de um observador que esteja observando a estrela do seu sistema. Com um alinhamento favorável das órbitas, é possível perceber quando um exoplaneta passa na frente da sua estrela através de uma minúscula redução no brilho dela. Muita gente chama isso de "minieclipse", já que o planeta é incapaz de bloquear toda a luz da estrela. Essa é a técnica usada pelo finado telescópio espacial Kepler, recordista de descobrimentos de exoplanetas. Essa é também a técnica usado pelo seu sucessor, o satélite TESS.

O trânsito de Mercúrio é mais comum, acontece por volta de 13-14 vezes a cada 100 anos. Já os trânsitos de Vênus são muito mais raros, com intervalos de mais de 100 anos. O último deles aconteceu em junho de 2012 e o próximo será em 2117.
 
Uma opção segura é procurar a famosa "lente de solda", aquele vidro escuro que cobre o visor dos capacetes de proteção usados por soldadores profissionais. Você pode encontrá-los em casas de material para construção a menos de R$ 10 cada. Se você for mesmo procurar um, compre o número 14, que é o mais escuro de todos. Eu usei um desses no último eclipse solar total no Chile.
 
Os trânsitos de Vênus e Mercúrio tiveram importância muito grande na história da astronomia: foi em um trânsito de Vênus que foi possível finalmente se obter a distância Terra-Sol, em 1639. O valor obtido era bem menor do que o valor atual, mas ainda assim era o melhor de sua época. Aliás, até então não havia medidas de distâncias absolutas de planetas ao Sol, apenas as distâncias relativas à Terra.
 
Por exemplo, sabia-se que a distância de Vênus ao Sol era de uns 70% da distância Terra-Sol, mas ninguém tinha ideia de quantos quilômetros (ou léguas, na verdade) isso representava. Hoje em dia, trânsitos de Vênus e Mercúrio são usados para "calibrar" as observações de trânsitos de exoplanetas, ajudando a caracterizá-los melhor.
 
Não perca, pois o próximo só em 13 de novembro de 2032! Este é o quarto deste século, com 13 trânsitos do planeta.
 
Separador
Página Inicial
Perfil
Adicionar a Favoritos
Busca
Links
 
Histórico
2019
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov |
2018
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov | Dez |