Logo
 
Bahia, sábado, 4 de julho de 2020
TWITTER CARLOS GEILSON
OUÇA JORNAL TRANSAMÉRICA
BAN UNITÉCNICA
Central de Polícia
 
 
PrintImprimir | Enviado por Carlos Geilson - 24.4.2020 | 13h29
 
Ministério da Justiça

Sergio Moro anuncia demissão do governo Bolsonaro

Sergio Moro anuncia demissão do governo Bolsonaro

Nesta sexta-feira (24), o  ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, anunciou sua demissão. O ex-juiz federal deixa a pasta após um ano e quatro meses no primeiro escalão do governo do presidente Jair Bolsonaro.

A demissão foi motivada pela decisão de Bolsonaro de trocar o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, indicado para o posto pelo agora ex-ministro. A Polícia Federal é vinculada à pasta da Justiça.
 
Em resumo, Moro afirmou no pronunciamento que: foi surpreendido pela publicação no "Diário Oficial" da demissão do diretor-geral da Polícia Federal; que o presidente Jair Bolsonaro não apresentou um motivo específico para demitir Mauricio Valeixo; que a demissão de Valeixo não foi feita "a pedido", conforme publicou o "Diário Oficial" e nem ele, Moro, assinou a demissão, embora o nome do então ministro apareça na publicação; que Bolsonaro admitiu que a mudança é uma interferência política porque pretende ter na PF alguém que lhe dê informações sobre investigações e inquéritos em andamento no Supremo Tribunal Federal; para Moro, isso não é atribuição da PF; que ao assumir o posto de ministro, depois de deixar 22 anos de magistratura, Bolsonaro havia prometido "carta-branca" para escolher e nomear auxiliares.
 
Ao anunciar a demissão, em pronunciamento na manhã desta sexta-feira no Ministério da Justiça, Moro afirmou que disse para Bolsonaro que não se opunha à troca de comando na PF, desde que o presidente lhe apresentasse uma razão para isso. (G1)
 
 
Separador
Página Inicial
Perfil
Adicionar a Favoritos
Busca
Links
 
Histórico
2020
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul |
2019
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov | Dez |